19 de ago de 2012

. . .

No desconforto do não saber, eu busco de forma incessante respostas, eu quero justificar suas palavras, atitudes e contradições, eu quero me convencer que vai passar.. eu sei o que eu quero e nunca estive tão certa disso, eu seria capaz de fazer tudo, exatamente tudo pra que as coisas se estabilizassem, pra que hoje fosse bem mais concreto que ontem e amanhã bem melhor que hoje, eu sei que eu queria te conquistar todos os dias, te surpreender nas coisas mais simples, te encantar nos mínimos detalhes.. então, eu estou aqui, e ainda que rolem lágrimas em minha face a cada vez que te sinto mais e mais distante, ainda que sinta um aperto enorme no peito a cada partida, a cada vez que te recebo uma mensagem e sei que não é sua, a cada vez que te vejo online, abro sua janela e fico olhando e olhando, a cada vez que me pego lembrando de você... eu estou tentando, eu estou querendo, eu estou procurando formas e maneiras de de te esquecer, ou pelo menos de não lembrar tanto.. mas no fundo eu não quero te esquecer, eu quero te guardar em mim, eu quero proteger o que restou de nós, porque pra mim foi tudo tão especial... eu tô vivendo, eu tô levando, eu tô tentando, e já me peguei pedindo, repetindo sozinha: "Meu Deus faz alguma coisa, me dá uma direção, preenche esse vazio que tá aqui.. e se não for pedir muito, ainda que não seja comigo, ainda que não seja como eu queria, faz com que ela seja feliz." 
Então, quando eu fecho os olhos ainda é você que eu vejo, é em você que eu penso, é com você que eu me preocupo mesmo sem saber o que se passa na tua vida, o que aconteceu no teu dia... não sei por quanto tempo isso vai perdurar, não sei o que vai acontecer.. se eu pudesse escolher te escolheria de novo, já não depende de mim... por aqui anda tudo sem graça, tudo sem cor, eu não sei se chamo isso tudo de bagunça porque na verdade estava tão organizado... eu não sei se você também pensa, se importa-se com algo, ou se pra você já passou... eu não sei pra que eu escrevo tanto, sei que é pra você.. embora você nunca vá ler... é a necessidade de desabafar... é a necessidade de "falar" sem ouvir as críticas de ninguém. Enfim, eu só não quero acreditar que tudo foi uma mentira, porque apesar do pouco tempo eu fui o meu melhor, ainda que esse melhor tenha defeitos, tenha te deixado triste uma vez ou outra, foi o meu melhor... talvez não tenha sido muito, não tenha sido o que você esperava, mas era tudo que eu tinha, talvez pra você tenha sido pouco mas foi tudo que eu pude oferecer.

"...eu não preciso te olhar pra ter em meu mundo, porque aonde quer que eu vá você está em tudo..."

(Desisto de tentar justificar o texto ¬¬')

18 de ago de 2012

Permita-se.

Não foque em quantas vezes você caiu, em quantas vezes você se decepcionou, em quantas vezes alguém te machucou.. foque no timbre das risadas mais espontâneas, no brilho mais forte do olhar que cruzava o teu, no som suave da voz ao telefone, no carinho mais simples, nas conversas mais toscas, no silêncio mais singelo, no barulho ao pé do ouvido, no abraço protetor... foque nas coisas boas, no que te fez e no que te faz bem.. lembre... lembre de tudo... lembre sem o medo de sentir saudades, sem o medo de que o olho encha de lágrimas, sem o medo de que essa lágrima percorra tua face... você é humano e não precisa sentir vergonha de SENTIR... ah, os outros vão te achar idiota? vão te chamar de babaca? e daí? no fundo eles também são assim, mas por temerem que alguém os tachem assim, vivem disfarçando, fingindo, se enganando e se prendendo a futilidades. Escolha viver o lado bom e o ruim das coisas, porque o bom ele vai somar e o ruim vai te fazer alguém melhor, alguém mais forte, mais maduro.. Viva, curta, se jogue, mude quando necessário, mas respeite as suas limitações, se você não fizer isso ninguém fará por você.

8 de out de 2011



Só com você eu me sinto tão bem.
Só com você eu me sinto completa.
Só pra te ver eu fico contanto os dias.

(L)

"Eu queria segurança e liberdade, mas agora só contigo eu vivo em paz, paz, paz... Penso em ti, se eu for lembrar de mim eu vou pensar em ti..."










21 de mai de 2011

...

Você, o detalhe que me faltava, o detalhe que faz a diferença, que mesmo quando não faz nada me faz bem, que mesmo longe se faz presente, uma realidade estranha que se aproxima da minha fantasia, que faz parte dos meus planos. É você que só precisa existir pra me completar, é você que diz o que preciso ouvir, e que tem um jeitinho que me deixa com cara de boba... É você o dengo mais abusado... O amor mais gostoso... O sorriso mais belo, que estampa os meus dias...

A gente se escolheu! (L)

"...Pois em tão pouco tempo, faz tanto tempo que eu te queria..."

23 de abr de 2011

...

Você não é a minha primeira, ou a minha segunda opção, você é a minha escolha. E amanhã quando eu acordar, vou escolher você denovo!

"...me deixe sim, mas só se for pra ir ali e pra voltar... agora as noites são tão longas, no escuro eu penso em te encontrar... a cama agora está tão fria, ainda sinto o teu calor, me esqueça sim, mas nunca esqueça o meu amor... me cobre mil telefonemas, depois me cubra de paixão, me pegue bem, misture alma e coração..."

22 de abr de 2011

Pela janela da vida...



Pela janela da vida
Eu vejo tanta coisa
Vejo o vai e vem dos carros,
Vejo a face das pessoas
A tristeza e a alegria que se chocam todo tempo
Essa gente e a correria que revela só momentos

Pela janela da vida
Eu já vi tanta coisa
Vi o certo e o errado
Vi o agora e o nunca
A nobreza e a agonia de quem vive a esperar
E a falsa burguesia que só vive a esnobar

Pela janela da vida
Eu já vi tanta coisa
Vi o sol e o luar
Vi o céu e o inferno
Vi bater aquela porta
Quem jurou amor eterno

Pela janela da vida
Ouvi dizer que me odeia
Quem um dia disse amar
Aprendi que é relativo
E em meio a tantos erros
Vejo o que há de mais belo escorrendo pelo dedos
Vejo sair por esta porta quem já quis ficar pra sempre
Vejo que quem promete, é quem não cumpre,
Quem mais mente, é quem mais teme.

-- A JANELA LIMITA A VISÃO, MAS OS OLHOS EXPLORAM --

"Mudaram as estações, nada mudou..."

16 de out de 2010

Um rosto que se confunde, um ato que justifica, uma lembrança distante, os velhos passos as vezes longos, as vezes lentos, me levam ao que pareço desconhecer... me parece interessante, porém me enche de dúvidas, era você novamente, era um olhar do passado, que se chocou no presente... era você que em meio a tempestade, me fez sorrir, pegou em minha mão, e me propôs caminhar, andar sem rumo... deixar de lado tudo aquilo que já não cabia na mochila... o plano era ser feliz... foi você que me fez olhar o mundo de uma forma melhor, foi com você e por você que o meu mundo voltou a girar... hoje pela janela da vida vejo o quão irônico é o destino... e ainda me pego a acreditar a cada instante, a cada ida e volta, a cada encontro e desencontro que o nosso elo sempre se fortalece...


"...tempo, tempo, tempo, tempo... compositor de destinos..."